Defesa Pessoal para Mulheres

Vivemos em um tempo em que as pessoas estão cada vez mais irritadas e sem domínio próprio. Homens perdendo a cabeça com facilidade e agredindo aquelas que chamamos de sexo mais frágil, as mulheres. Inadmissível! É impressionante como cresceu o número de agressões a mulhere

s. No Brasil, dados indicam que a cada 4 minutos acontece uma agressão a mulheres, já nos EUA a cada 2 minutos uma mulher sofre algum tipo de assédio sexual. Você sabia que segundo dados da YWCA de Los Angeles, instituição comunitária de apoio às mulheres, mais de 40% das adolescentes entre 14 e 17 anos conhecem alguém que já sofreu algum tipo de abuso cometido por namorados? também que uma em cada três mulheres sofrem violência doméstica e que 25% das estudantes universitárias já foram vítimas de estupro? Fora a questão do tráfico humano que também tem dados alarmantes e altíssimos.

Começamos há alguns meses um trabalho gratificante e com excelentes resultados na Atos Brazilian Jiu Jitsu, aqui em Orlando, uma turma de defesa pessoal só de mulheres, focada em técnicas reais de agressão e defesa, melhorar as condições físicas, a autoestima e autoconfiança. É impressionante como elas estão alcançando seus objetivos.

Trabalhamos o Jiu Jitsu sem kimono voltado para a defesa pessoal.

Temos recebido mulheres com histórias variadas que têm buscado fazer parte dessa turma e sinto que meu papel além de ensinar técnicas de defesa para elas é, também, ajudá-las a se superar nos exercícios e vencer traumas já vividos, tanto nessa questão de agressão, quanto na questão física. Gosto de citar uma das minhas alunas, a Isabele. Lembro quando ela começou a treinar, alguns meses atrás, e vejo a evolução dela hoje. É impressionante a superação, o aprendizado, a forma física e o nível técnico que ela vem atingindo. Isso me deixa muito feliz, ela não perde uma aula.

É muito importante atualmente você, mulher, saber se defender de situações que possam vir marcar a sua vida para sempre. É impressionante a diferença de uma mulher que não tem conhecimento nenhum de defesa pessoal e uma mulher que já conhece os fundamentos básicos, que podem te livrar de grandes problemas.

Além da autoconfiança também trabalhamos muito a questão física de cada aluna, a superação, o sedentarismo, a flexibilidade, o reflexo a agilidade e outras coisas.

Eu e o professor christophoros também temos feito seminários gratuitos de defesa pessoal para mulheres em parceria com a Hope & Justice Fundation, uma fundação que tem batalhado contra o tráfico de pessoas.

Venha você também aprender técnicas de defesa pessoal, ficar mais autoconfiante e ter uma vida mais saudável. Esperamos você!

Márcio Keske – Faixa preta de Jiu Jitsu 3º grau

Depoimento de uma Aluna:

Ao longo da história da humanidade, as mulheres sempre foram alvos das mais diversas formas de violências, especialmente assédios e abusos físicos, seja em lugares públicos, privados, e inclusive dentro do ambiente familiar.

De acordo com estatísticas no EUA, 1 a cada 4 Mulheres irá passar por uma violenta experiência no âmbito doméstico e 1 em cada 10 mulheres será estuprada por seu parceiro. Em 2006, 232, 960 mulheres nos EUA foram violentadas sexualmente, mais de 600 estupros por dia, além da violência promovida pelo tráfico humano. A Florida é o terceiro Estado que mais tem casos reportados de tráfico humano, e Orlando a terceira cidade do País. A violência está em toda parte, especialmente, mulheres e crianças. Diante dessas estatísticas altamente alarmantes eu decidi fazer aulas de Defesa Pessoal. Além de proporcionar um bem estar geral na minha saúde, traz autoconfiança em minha defesa pessoal e das pessoas próximas a mim. Eu recomendo sempre todas as mulheres buscarem aprender uma forma de autodefesa. É vital em todos os aspectos da mulher. Eu procurei o Jiu-Jitsu porque sei que é a arte marcial mais completa no tocante a defesa pessoal. Tem sido de grande valia para mim.

Anna Alves-Lazaro. Advogada e Ativista contra o Trafico Humano

 

0.00 avg. rating (0% score) - 0 votes

    Recommended Posts

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Send this to a friend